Passeio Público

O Passeio Público é o parque mais antigo de Curitiba, inaugurado em 1.886 pelo Visconde de Taunay, que na época era presidente da província do Paraná. É cortado pelo Rio Belém, que foi saneado para formar um lindo lago no local.

Um fato curioso sobre o Passeio Público é que na época da sua inauguração a cidade não tinha luz elétrica e neste local foi instalada a primeira lâmpada do Paraná.

Passeio Público Curitiba

Passeio Público Curitiba

Durante muito tempo, o local abrigou o zoológico da cidade, até que em 1.982 foi transferido para o espaço onde está atualmente. Então o Passeio Público passou a abrigar somente animais de pequeno porte, em sua maioria aves exóticas como flamingos, o gavião-casaca-de-couro, as araras vermelhas e azuis, entre outros.

Flamingos
Gavião
Araras
Araras

 

O Passeio Público de Curitiba também possui um aquário com pequenas espécies em exposição, como a piranha vermelha e a ampulária, por exemplo.

Um animal que também pode ser encontrado no parque é o macaco-aranha-preto, originário da região amazônica, que está ameaçado de extinção em razão da caça desenfreada e da destruição de seu habitat natural. Existem 10 exemplares da espécie no Passeio Público.

Macaco

Quando se está caminhando à beira do lago do Passeio Público, é possível sentir uma tranquilidade tão grande que nem dá para acreditar que se está bem no centro de uma cidade grande como Curitiba. No local tem pedalinhos para passeio no lago, algumas ilhas, uma ponte pênsil e também um excelente restaurante que vale a pena ser visitado.

O Passeio também abriga todos os sábados uma tradicional feira de produtos orgânicos.

Passeio Público Curitiba

Passeio Público Curitiba
 
É claro que com o crescimento das cidades há também um aumento de moradores de rua (que muitas vezes podem ser encontrados dormindo nos gramados dos parques durante o dia), assim como da prostituição em determinadas regiões da cidade. Como o Passeio Público fica localizado numa região central, isso pode ser observado com maior frequência, o que muitas vezes acaba afastando os visitantes do parque.
 
Mas apesar dos pontos negativos, o Passeio Público ainda pode ser considerado um santuário ecológico de enorme riqueza que vale a pena ser visitado tanto para a prática de atividade física – pois conta com academia ao ar livre e uma pista de caminhada bem arborizada – como para um momento de descanso, onde se pode deitar no gramado na beira do lago ou saborear uma deliciosa feijoada com a família no restaurante local.
 

Deixe um comentário