Parque Barigui

O Parque Barigui é o mais frequentado da cidade e concentra vários tipos de pessoas, como aqueles que gostam de praticar esportes, os que apreciam um passeio com seu cãozinho, aqueles que preferem saborear um delicioso almoço no restaurante local ou ainda quem gosta de sentar à beira do lago e apreciar a bela paisagem.

DSC02126

O local também oferece aulas gratuitas de Yoga para os amantes desta atividade.

O parque tem uma área de aproximadamente 1.400.000m² e o nome Barigui – que significa “rio do fruto espinhoso” (fruto da araucária, uma árvore bastante comum no Paraná) – veio em razão do Rio Barigui, que foi represado para formar o imenso lago de 230.000m² no seu interior.
 DSC02139

 

O lago tem alguns moradores bem exóticos, como o jacaré-do-pantanal, por exemplo, que não se sabe ao certo como foi parar lá, mas tem até uma estátua na entrada do parque em sua homenagem – ou seja, se tornou uma celebridade local.

Segundo informações, ele foi capturado e encaminhado ao zoológico da cidade porque estaria oferecendo risco à segurança do parque. Mas acredita-se que existem outros jacarés no lago. Eu pelo menos nunca avistei nenhum (rs).

Para eventos, o parque conta com o Expo Renault Barigui, que tem 5.000m² de estrutura e o Salão de Atos, que é administrado pelo Instituto Municipal de Administração Pública (IMAP).

DSC02133

DSC02183

O parque Barigui também é um lugar bacana para fazer um churrasco ou aproveitar os restaurantes do local, como o Espaço Maggiore, por exemplo, aberto nos fins de semana.

Outro lugar legal para visitar dentro do parque é o Museu do Automóvel, que fica aberto praticamente todos os dias. Além disso, o local ainda conta com heliporto, academia ao ar livre, pistas para bicicletas e patins, aeromodelismo, bicicross, lanchonetes, quiosques e trilhas dentro dos bosques.

Para quem mora em Curitiba e região, é um excelente local para se passar um domingo de sol com a família ou para uma boa caminhada e, para os visitantes, é um ponto turístico interessante para conhecer e fotografar.

Deixe um comentário